Software Livre para Artes

Esta é uma lista com sugestões de algumas aplicações de Software Livre desenvolvidas para apoiar actividades criativas e na área das artes nas suas diversas vertentes. Software Livre é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído sem restrições.

Esta lista vai sendo actualizada com a regularidade possível.

Continuar a ler

Software Livre para Educação

Esta é uma lista com sugestões de algumas aplicações de Software Livre desenvolvidas para apoiar actividades na área da educação e ensino. Software Livre é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído sem restrições.

Esta lista vai sendo actualizada com a regularidade possível.

Continuar a ler

Software Livre para Investigação

Esta é uma lista com sugestões de algumas aplicações de Software Livre desenvolvidas para apoiar actividades na área da investigação. Software Livre é qualquer programa de computador que pode ser usado, copiado, estudado e redistribuído sem restrições.

Esta lista vai sendo actualizada com a regularidade possível.

Continuar a ler

Ottographer e StudiozCollabpress

Os nossos amigos do animaXion Studioz acabaram de disponibilizar as primeiras versões do Ottographer e do StudiozCollabpress. Ambos são Software Livre.

O Ottographer é uma aplicação para Debian & Ubuntu que permite criar facilmente time-lapses com uma webcam. Basta ligar uma webcam por USB, escolher a pasta onde pretende armazenar as fotografias, escolher a resolução, escolher o intervalo da captura e pronto! Simples e eficaz.

O StudiozCollabpress é um plugin de WordPress para apoiar a gestão da produção de curtas-metragens de animação e cinema em geral. Permite criar cenas, planos, tarefas com datas e atribuir tarefas a utilizadores específicos. Permite fazer upload de ficheiros (que ficam associados às cenas, planos ou tarefas), disponibiliza um calendário com as datas, avisos por mail, sistema de comentário, etc. Muito útil!

Artistas Livres: alguns artistas que utilizam Software Livre e que vale a pena conhecer

A melhor forma de começar a explorar o mundo da criação com Software Livre é ver Elephants Dream (www.elephantsdream.org/), Big Buck Bunny (www.bigbuckbunny.org/) e Sintel (www.sintel.org/). Já agora, aproveite e acompanhe os projectos actualmente em curso Mango (mango.blender.org/), Tube (tube.freefac.org/) e Mercator (mercator.licuadorastudio.com/). O que estas curtas 3D têm em comum é o facto de terem sido ou estarem a ser produzidas apenas com Software Livre.

Continuar a ler

Software proprietário nos programas do sistema educativo português

Como o novo ano lectivo está quase a chegar, resolvi ir espreitar programas de disciplinas do sistema educativo português que envolvem obrigatoriamente a manipulação de computadores e software. É claro que é possível e desejável utilizar as TIC e a Internet em  todos os níveis de ensino e disciplinas. No entanto, estes programas destacam-se por serem aqueles que recomendam software, que incluem nos conteúdos as questões relacionadas com software e hardware, que, muitas das vezes, são responsáveis pela iniciação ou aprofundamento de hábitos de trabalho que envolvam a utilização de computadores e Internet.

Continuar a ler

10 razões para utilizar Software Livre na Educação

Há alguns anos atrás, Software Livre e “Open Source” eram conceitos que surgiam quase exclusivamente associados a indíviduos que, na melhor das hipóteses, eram caracterizados como excêntricos apaixonados pela informática capazes de produzir um discurso povoado por termos técnicos com um valor quase esotérico para a generalidade dos utilizadores. É preciso não esquecer que muitos destes últimos descobriam o mundo dos computadores porque sentiam que as janelas e os menus, os botões e os ícones constituíam, finalmente, uma linguagem acessível. Iniciar a exploração do mundo dos computadores era um sonho que muitos ainda consideravam desnecessário ou mesmo fora do seu alcance e, portanto, a simples referência à possibilidade de utilizar linha de comandos numa janela de Terminal, por exemplo, assemelhava-se ao seu pior pesadelo. Entretanto, é tempo de descobrir, discutir e compreender que valores e princípios mais altos se levantam.

Continuar a ler